Governança de TIC – CGovTIC

Elaboração/Alteração de Políticas de TIC

Processo atendido pela Coordenadoria de Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação. Aplicado a elaboração/alteração de políticas de TIC.

  1. A CGovTIC irá verificar a existência de política, caso exista ela deve ser usada como base para nova versão;
  2. CGovTIC deve elaborar/alterar política existente conforme necessário e encaminhar a Minuta da Política para apreciação do CGTIC;
  3. O CGTIC aprecia a Política em questão e sugere alterações:
    1. Caso tenha alterações a ser realizadas é reencaminhada para a CGovTIC realizar as alterações e volta ao passo 2;
    2. Caso não tenha alterações, vai para o passo 4.
  4.  O CGTIC verifica o âmbito da política:
    1. Se for de Segurança, deve encaminhar a minuta para o CGSI para apreciação e sugestão de alterações, caso exista novas alterações volta a CGovTIC, passo 2;
    2. Se for de Governança vai direto para o passo 5.
  5. O Consup aprova/reprova a Política em questão:
    1. Caso a política seja reprovada é encaminhado para a CGovTIC realizar as alterações necessárias, passo 2;
    2. Caso a política seja aprovada vai para o passo 6.
  6. Consup encaminha política para publicação através de resolução.

Obs. Fim: Após a publicação da Política é possível fazer o plano equivalente, caso necessite.


Elaboração/Alteração de Planos de TIC

Processo atendido pela Coordenadoria de Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação. Aplicado a elaboração/alteração de planos de TIC.

Obs. Inicio: Com a política elaborada e publicada é possível desenvolver o plano equivalente.

  1. A CGovTIC irá verificar a existência de plano:
    1. Caso exista, a CGovTIC deve desenvolver o relatório de resultados do ano anterior;
    2. O CGTIC deve apreciar relatório de resultados do ano anterior. Segue para o passo 2;
    3. Caso não exista Plano anterior segue para o passo 2.
  2. A CGovTIC define metodologia a ser utilizada para o plano, analisando normas e demais documentações disponível pelo governo;
  3. CGovTIC deve elaborar/alterar plano existente conforme necessário e encaminhar a Minuta da Plano para apreciação do CGTIC;
  4. O CGTIC aprecia o Plano em questão e sugere alterações:
    1. Caso tenha alterações a ser realizadas é reencaminhada para a CGovTIC realizar as alterações e volta ao passo 3;
    2. Caso não tenha alterações, vai para o passo 5.
  5. O CGTIC verifica o âmbito do Plano:
    1. Se for de Segurança, deve encaminhar a minuta para o CGSI para apreciação e sugestão de alterações, caso exista novas alterações volta a CGovTIC, passo 3;
    2. Se for de Governança vai direto para o passo 6.
  6. O CODIR aprecia o Plano em questão:
    1. Caso o Plano seja reprovada é encaminhado para a CGovTIC realizar as alterações necessárias, passo 3;
    2. Caso o Plano seja aprovada vai para o passo 7.
  7. CODIR encaminha o Plano para publicação através de resolução.


Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação – PDTIC

Processo atendido pela Coordenadoria de Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação.  Esse plano, juntamente com o PETIC, por serem planos institucionais, seguem um processo mais amplo do que os demais.

  1. A CGovTIC irá verificar a existência de plano:
    1. Caso exista, a CGovTIC deve desenvolver o relatório de resultados do ano anterior;
    2. O CGTIC deve apreciar relatório de resultados do ano anterior. Segue para o passo 2;
    3. Caso não exista Plano anterior segue para o passo 2.
  2. A CGovTIC analisa a organização de TIC (processos, organograma, arquitetura, inventário de recursos);
  3. A CGovTIC identifica necessidades de TIC (pessoas, soluções e infraestrutura – 5w2h, PAT Campus, PETIC) e gera o “Catálogo de Serviços de TIC”;
  4. A CGovTIC prioriza/atualiza critérios de priorização (Matriz GUT) e gera “Princípios e Diretrizes” atualizados;
  5. A CGovTIC define/planeja metas/ações e gera “Plano de Metas e Ações”;
  6. A CGovTIC planeja ações de pessoal e gera o “Plano de Gestão de Pessoas de TIC”;
  7. A CGovTIC planeja investimentos e custeios e gera o “Plano de Investimentos e Custeio de TIC”;
  8. A CGovTIC consolida proposta orçamentária de TIC e gera a “Proposta Orçamentária de TIC”;
  9. A CGovTIC atualiza critérios de aceitação de riscos;
  10. A CGovTIC planeja o gerenciamento de riscos de TIC e gera o “Plano de Gestão de Riscos”;
  11. CGovTIC consolida a Minuta da PDTIC para apreciação e encaminha ao CGTIC;
  12. O CGTIC aprecia o PDTIC e sugere alterações:
    1. Caso tenha alterações a ser realizadas é reencaminhada para a CGovTIC realizar as alterações e volta ao passo 11;
    2. Caso não tenha alterações, o CGTIC encaminha o Plano para o CODIR e vai para o passo 13.
  13. O CODIR aprecia o PDTIC e sugere alterações:
    1. Caso tenha alterações a ser realizadas é reencaminhada para a CGovTIC realizar as alterações e volta ao passo 11;
    2. Caso não tenha alterações, o CODIR encaminha o Plano para aprovação do CONSUP e vai para o passo 14.
  14. O CONSUP aprecia o PDTIC:
    1. Caso o Plano seja reprovada é encaminhado para a CGovTIC realizar as alterações necessárias e volta ao passo 11;
    2. Caso o Plano seja aprovada vai para o passo 15.
  15. CONSUP encaminha PDTIC para publicação através de resolução.


Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação – PETIC

Processo atendido pela Coordenadoria de Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação.  Esse plano, juntamente com o PDTIC, por serem planos institucionais, seguem um processo mais amplo que os demais.

  1. A CGovTIC irá verificar a existência de PETIC de ano anterior:
    1. Caso exista, a CGovTIC deve desenvolver o relatório de resultados do ano anterior;
    2. O CGTIC deve apreciar relatório de resultados do ano anterior. Segue para o passo 2;
    3. Caso não exista PETIC anterior segue para o passo 2.
  2. A CGovTIC realiza levantamento organizacional de TIC (PDI);
  3. A CGovTIC realiza levantamento de formação acadêmica e capacitações realizadas pelos servidores de TIC e gera “Banco de Talentos”;
  4. A CGovTIC define metodologias de trabalho (BSC, Swot);
  5. A CGovTIC realiza levantamento de diretrizes para o plano (seguindo EGD);
  6. A CGovTIC realiza análise swot (estratégias de reforço, confronto, defesa e ofensivas);
  7. A CGovTIC identifica/define objetivos estratégicos (BSC);
  8. A CGovTIC define metas, indicadores e iniciativas para cada objetivo estratégico (iniciativas: ITL, COBIT);
  9. CGovTIC consolida a Minuta da PETIC para apreciação e encaminha ao FORTIC;
  10. O FORTIC aprecia o PETIC e sugere alterações:
    1. Caso tenha alterações a ser realizadas é reencaminhada para a CGovTIC realizar as alterações e volta ao passo 9;
    2. Caso não tenha alterações, o FORTIC encaminha o Plano para o CODIR e vai para o passo 11.
  11. CODIR aprecia o PETIC e sugere alterações:
    1. Caso tenha alterações a ser realizadas é reencaminhada para a CGovTIC realizar as alterações e volta ao passo 9;
    2. Caso não tenha alterações, o CODIR encaminha o Plano para o CGTIC e vai para o passo 12.
  12. O CGTIC aprecia o PETIC e sugere alterações:
    1. Caso tenha alterações a ser realizadas é reencaminhada para a CGovTIC realizar as alterações e volta ao passo 9;
    2. Caso não tenha alterações, o CGTIC encaminha o Plano para aprovação do CONSUP e vai para o passo 13.
  13. O CONSUP aprecia o PETIC:
    1. Caso o Plano seja reprovada é encaminhado para a CGovTIC realizar as alterações necessárias e volta ao passo 9;
    2. Caso o Plano seja aprovada vai para o passo 14.
  14. CONSUP encaminha PETIC para publicação através de resolução.


Aquisição de TIC

Processo atendido pela Coordenadoria de Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação e apresenta todas as aquisições (pregões) efetuados pelas TICs do IFSC.

  1. O Requisitante elabora o Documento de Oficialização de Demandas (DOD);
  2. A Diretoria de Administração avalia o DOD:
    1. Se aprovado, o Requisitante solicita a portaria para a indicação da Equipe de Planejamento;
    2. Se reprovado, a Diretoria de Administração retorna para o Requisitante e retorna ao Passo 1.
  3. A Equipe de Planejamento elabora o Estudo Técnico preliminar;
  4. A Equipe de Planejamento elabora o Mapa de Gerenciamento de Riscos;
  5. A Equipe de Planejamento elabora Edital e cadastra no SIPAC;
  6. A Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (DTIC) elabora planilha com itens do processo e códigos SIPAC;
  7. A DTIC verifica a abrangência do Edital:
    1. Se for apenas para DTIC, a DTIC realiza estimativas dos itens e vai para o Passo 8;
    2. Se for TIC geral,  a DTIC encaminha a Planilha para estimativas dos itens junto aos Câmpus e pró-reitorias;
    3. DTIC recebe retorno de estimativas dos Câmpus e pró-reitorias e vai para o passo 8;
  8. A DTIC realiza Pesquisa de Preços e insere no SIPAC;
  9. A DTIC emite Relatórios de Requisição, Pesquisa de Preços e Quadro de Especificações Mínimas;
  10. A DTIC junta os documentos físicos ao processo;
  11. A Diretoria de Administração formata o processo e encaminha para a Procuradoria Geral Federal (PGF);
  12. A Diretoria de Administração recebe o retorno da PGF;
  13. A Diretoria de Administração publica a data de realização do Pregão Eletrônico no Portal de Compras Governamentais;
  14. Na data de realização do Pregão, a DTIC recebe e avalia as propostas:
    1. Se aprovada, a Diretoria de Administração homologa o Pregão;
    2. A Diretoria de Administração registra a Ata de Registro de Preços (ARP);
    3. A Diretoria de Administração publica a ARP;
    4. O Requisitante solicita empenho e finaliza o processo;
    5. Se reprovado, a DTIC chama o próximo colocado no pregão e retorna ao passo 14, caso tem tenha mais colocados o Item é cancelado.